QUEM SOMOS
O Instituto Vida Renovada (IVR) é uma associação civil, com finalidade não econômica reconhecida oficialmente em âmbito Municipal, Estadual e Federal, com foro na cidade de São João de Meriti e Nova Iguaçu.
Apresenta-se como entidade que se destina à política de atendimento a população em situação de rua, através de um conjunto articulado de ações sociais de educação, qualificação profissional e inclusão social com ênfase ao trabalho interdisciplinar
O IVR acredita na solidariedade como um instrumento de grande valia para o equilíbrio social, uma vez que, através do amor ao próximo e abertura de novas oportunidades terão uma chance real de conseguirem reingressar à sociedade de maneira digna e vitoriosa. E pra isso, trabalhamos não apenas com os usuários, mais também com internos, familiares e toda comunidade. Pois a inclusão social a qual estas pessoas estão acometidas agrava ainda mais sua situação de vulnerabilidade, remetendo-os a fragilidades e ou rompimentos de vínculos familiares e sociais, o que aponta necessidade de um trabalho interdisciplinar e multiprofissional.
A efetividade destas ações devem consistir na melhoria de suas condições de vida, e não em trabalhar com o cunho paliativo e imediatista, o que não permite que alcancem o empoderamento social de modo que estes possam enfim, traçar e continuar sua trajetória de forma digna e com garantia de direitos, reintegrados enfim à sociedade.

Histórico Criado em 15 de Julho de 1999, o IVR tem como objetivo promover e acolher egressos do sistema penitenciário, dependentes químicos e pessoas em situação de rua, formulando soluções no desenvolvimento social econômico e cultural dos mesmos. Além de desenvolvermos um trabalho assistencial em nossa comunidade, como cursos, atendimento odontológico e assistência jurídica. O trabalho que desenvolvemos de forma exaustiva nas penitenciárias do Brasil, nas comunidades carentes e “cracolândias” do Rio de Janeiro traz consigo a busca por um mundo mais justo, onde todas as pessoas sejam portadoras de direitos humanos em sua plenitude e, sendo assim, construirmos uma sociedade marcada pela igualdade social.

Público Alvo Pessoas vítimas do uso abusivo de álcool e ou outras drogas, com vínculos familiares simbólicos e afetivos fragilizados ou rompidos, acompanhados ou não de violação de direitos, de ambos os sexos, maiores de idade, independentemente de raça, cor ou credo religioso.  

Locais de Atendimento / Acolhimento
• Sede: Av. Dr. Délio Guaraná, nº: 353, Édem, São João de Meriti, RJ, desde o ano de 1990, com área total de 1.500 m². Composta de alojamentos, banheiros, área de convivência, refeitório, lavanderia, onde todos os espaços foram organizados de forma funcional, arejados e limpos, evitando a disseminação de doenças infecto-contagiosas, facilitando ainda o desenvolvimento das atividades previstas no programa.
• Filial: Est. do Comércio, S/Nº, Tinguá, Nova Iguaçu, RJ, composta por 463.187.21 m². Composta de alojamentos, piscina, área de recreação, refeitório, banheiros, além do excelente espaço físico, proporcionando o ambiente ideal para a montagem de oficinas de trabalho, atividades culturais, esportivas e religiosas.

Horário de Atendimento Para o cumprimento de seus objetivos, o IVR funciona das 09 às 17 horas de Segunda a Sexta-feira, dispondo TODOS os dias de equipe técnica interdisciplinar que atende o público da proteção básica à especial de alta complexidade. Também dispomos de estudos de caso e reuniões mensais com o objetivo de avaliação das ações realizados de modo a criarmos novas estratégias, buscando alinhar as ações das organizações à nossa missão, e auxiliando também na disseminação e transparência das atuações realizadas.

Instrumentos utilizados pela Equipe
• Entrevista Social;
• Estudo Social;
• Atendimento Individual e em grupos;
• Visitas Institucionais;
• Visitas Domiciliares;
• Relatório de Acompanhamento Individual;
• Relatório Quantitativo Mensal;
• Encaminhamentos para Rede de Serviço;
• Atendimento à Família e Comunidade;
• Reunião de Equipe;
• Monitoramento do quadro de Saúde dos internos;
• Oficinas voltadas as Garantias de Direitos (Cidadania) e geração de renda.

Da Entrada
A entrevista individual (primeiro atendimento) é utilizada para levantamento do perfil e demandas, a partir de onde traçamos as ações interventivas de acordo com as diferentes demandas, considerando sempre a forma como o usuário chegou à instituição (encaminhamento do CREAS, CAPS ou demanda espontânea) para nos aproximar de um melhor diagnóstico situacional possível. Por tanto, a desmistificação do histórico do usuário é imprescindível para o bom funcionamento do projeto, ascensão do usuário e resultado final.

Do Desligamento
O desligamento será feito mediante a avaliação da equipe interdisciplinar ou por desligamento voluntário. O tempo do seu acompanhamento está condicionado à evolução geral do próprio usuário, bem como de sua resposta em relação ao plano Terapêutico elaborado pelos serviços de saúde mensal encaminhador.

Recursos Humanos
• 01 Coordenadora
• 01 Assistente Social
• 03 Estagiários de Serviço social
• 01 Psicóloga
• 01 Estagiária de Psicologia
• 01 Advogado
• 01 Estagiária de Direito
• 02 Auxiliares administrativos
• 02 Cozinheiros
• 04 Educadores Sociais
• 01 enfermeira Voluntária  

Projetos Executados
• Centro de Referência em Direitos Humanos pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República – Término 02/2012.
Programa de Serviços Socioassistenciais pela Prefeitura de São João de Meriti – Termino em 12/2013  

Fazenda Vida Renovada: Local de recuperação e abrigo de dependentes químicos e egressos do sistema penitenciário. Neste local residem 70 homens. São desenvolvidos programas de reabilitação, piscicultura, cultivo de hortaliças, criação de animais, entre outras atividades, o que gera maior interação entre o usuários, favorecendo uma ressocialização mais breve. Além disso são realizados eventos em datas comemorativas buscando contribuir com a educação, cultura e conhecimento deste público.

Metodologia de Trabalho Para o cumprimento do atendimento às demandas existentes, a equipe, que hoje trabalha através da interdisciplinaridade, atua pautada em seu código de ética, respeitando as diferentes singularidades, juntamente com a avaliação formativa que é o monitoramento e a avaliação somática que se destina ao resultado obtido pelo conjunto de ações continuadas ligadas a rede de serviços. Outra referência fundamental das ações realizadas ocorre por meio de uma dupla dimensão que se relacionam. Essas dimensões – interventiva e analítica – que entre si constroem uma relação de autonomia e interdependência.

Da Práxis Profissional A Instituição está voltada a atender o público da Proteção Especial, ou seja, as pessoas que tiveram seus vínculos familiares simbólicos e afetivos fragilizados ou rompidos, acompanhados ou não de violação de direitos, sendo assim, requerem um serviço de proteção integral, com vistas à superação dos riscos pessoais e sociais causados pelo uso de drogas, seja ela lícita ou ilícita.

TESTEMUNHOS